Transtornos

A depressão unipolar, também chamada de episódio depressivo maior, se caracteriza principalmente por uma tristeza quase permanente e uma visão pessimista do mundo e de si mesmo.

Esses são apenas alguns sintomas, e é um tipo de depressão bastante frequente em pacientes em tratamento para dependência química, em particular em razão da falta da droga. 

Lembrando que o termo depressão é um tanto banalizado hoje em dia, mas é uma condição que merece um cuidado especial.

Entenda, a seguir, mais sobre esse tipo de depressão, possíveis causas e principais sintomas. 

O que é depressão unipolar?

A depressão unipolar não designa uma tristeza passageira ou ficar deprimido de vez em quando, mas é uma doença neurológica, pelo menos nas suas formas mais severas, com problemas de funcionamento de certos circuitos neuronais.

O episódio depressivo dura geralmente vários meses, até mesmo anos, e afeta de maneira importante a vida cotidiana, familiar e profissional da pessoa.

A boa notícia é que existem diversas abordagens para tratar a depressão, inclusive algumas são aplicadas durante o tratamento para alcoolismo, uma vez que é normal surgir episódios depressivos.

Também se apresenta por episódios repetidos de depressão maior e grave, sempre do mesmo tipo, mas nunca com episódios maníacos.

Quais as causas da depressão unipolar?

As causas exatas da depressão são um tanto complexas, e não se trata de uma fraqueza de caráter ou uma falta de vontade, mas envolve uma série de fatores:

  • Fatores sociais: antecedentes familiares, traumatismos ligados à infância, personalidade neurótica, violências sofridas, consumo de droga ou álcool, podem desencadear a depressão;
  • Fatores ambientais: falta de sono, experiências frustrantes, a solidão, podem favorecer a depressão unipolar;
  • Fatores genéticos: pode haver uma predisposição genética, e segundo estudos, uma pessoa tem duas a quatro vezes mais risco de ter depressão se um de seus pais tem um histórico de transtorno depressivo.

Por exemplo, em uma clínica de recuperação, todos esses fatores são avaliados a fim de propor o tratamento mais adequado.

Conheça os sintomas da depressão unipolar

Embora negligenciada por algumas pessoas, a depressão unipolar deve ser encarada como uma doença, o que requer um tratamento.

Confira, a seguir, os principais sintomas e caso perceba que alguém perto de você esteja apresentando alguns deles, o ideal é buscar ajuda de um profissional qualificado:

  • Mudança de humor com o surgimento de uma tristeza profunda, com crises de choro;
  • Insônia (às vezes, sono em excesso);
  • Alteração do peso com perda de peso, mas alguns pacientes ganham peso;
  • Desinteresse por atividades que normalmente a pessoa sentia prazer;
  • Problemas de concentração e de memória;
  • Fadiga, principalmente de manhã;
  • Sensação de culpa;
  • Baixa autoestima e sentimento de desvalorização;
  • Pensamentos negativos podendo chegar a tentativas de suicídio, com o sentimento que a vida não vale a pena de ser vivida.

Para fazer o diagnóstico, o paciente precisa apresentar pelo menos 5 sintomas da lista, todos os dias e ao menos durante 2 semanas.

Agora, independentemente de ser um episódio mais leve ou grave, é necessário fazer um acompanhamento com um profissional capacitado.

Geralmente, são prescritos antidepressivos e paralelamente, uma psicoterapia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *