Telefone: (65) 3301-2690
e-mail: vidaserenapremier@gmail.com

Quais as Consequências das Drogas Para a Saúde?

Quais as Consequências das Drogas Para a Saúde?

Quais as Consequências das Drogas Para a Saúde?

Milhares de pessoas consomem drogas frequentemente em razão do bem-estar imediato, mas isso não significa que não existam consequências das drogas para a saúde, muito pelo contrário!

Dependência, diminuição do apetite, perda de memória, depressão, câncer, os efeitos das drogas no organismo são inúmeros, particularmente nos jovens.

E isso explica cada vez mais familiares buscando tratamento para dependência química, de forma a proteger seus filhos de maiores problemas, até a morte.

Se você faz uso de drogas ou conhece alguém, é muito importante conhecer quais as consequências para a saúde, tanto física quanto psíquica!

Quais as consequências das drogas para a saúde?

Em primeiro lugar, saiba que as drogas são substâncias psicoativas, que significa que elas modificam a atividade mental, as sensações, o comportamento, e provocam efeitos somáticos.

As consequências das drogas variam de acordo com o tipo de droga, a quantidade consumida, a regularidade e a própria pessoa, onde algumas são mais tolerantes que outras.

Para você entender melhor, vamos separar esses efeitos pelos tipos de drogas mais usadas:

1.Álcool

O álcool é um depressor, isto é, uma substância que age sobre o sistema nervoso central para reduzir a atividade funcional, a coordenação motora, assim como a ansiedade.

O consumo regular pode causar doenças cardiovasculares, hipertensão, câncer, como também ansiedade, depressão e problemas de comportamento.

2.Maconha

Embora a maconha relaxe e desetresse algumas pessoas, o consumo a longo prazo pode ter consequências graves, como a esquizofrenia e problemas psicóticos.

3.Cocaína e crack

Os efeitos da cocaína e crack incluem:

  • Alterações no ritmo cardíaco;
  • Agressividade;
  • Alucinações;
  • Perda de memória;
  • Delírios;
  • Ataques de pânico;
  • Depressão;
  • Crises de epilepsia.

4.Heroína

Quando se trata das consequências das drogas, no caso da heroína, o mais grave é uma overdose, podendo causar uma insuficiência respiratória, perda de consciência, e até a morte.

A longo prazo, causa danos nos dentes, e sem falar no maior risco de HIV e hepatite, por conta das seringas.

5.LSD

O LSD causa uma elevação da pressão arterial, temperatura corporal e do ritmo cardíaco.

Também pode provocar problemas de concentração, de memória e de consciência, além de estados depressivos ou ansiosos.

Enfim, independentemente da droga, é essencial ficar bem atento, uma vez que em certos casos a melhor solução é a internação em uma clínica de recuperação, até mesmo para preservar a vida da pessoa.

O que é uma dependência química?

Além de todas as consequências das drogas citadas acima, a dependência é uma das mais preocupantes.

Antes de mais nada, é necessário saber que a dependência não é uma fraqueza ou falta de vontade da pessoa.

As substâncias psicoativas invadem e modificam o funcionamento do sistema cerebral, o que leva a uma perda total de controle do comportamento nessa pessoa.

Um sinal característico da dependência é o desejo constante de continuar usando a droga para ter aquela mesma sensação, mesmo sabendo de todos os efeitos negativos.

Além disso, está ligada à vulnerabilidade diante dos sinais de prazer que o cérebro envia através de um neurotransmissor, o que se traduz por comportamentos compulsivos.

Se for comprovado que há uma dependência, é necessário tomar medidas imediatas, como propor um tratamento para alcoolismo para a pessoa.

Por isso, caso você desconfie que alguém próximo está usando drogas, o melhor  a fazer é mostrar que você está lá para ajudar!

Deixe um comentário